Seu browser não suporta JavaScript!

19/09/2011 | Blog da Bancada do PSDB na Câmara e no Senado

PSDB tem 13 parlamentares na lista dos 100 “cabeças” do Congresso Nacional

Elaborada pelo Departamento Intersindical de Assessoramento Parlamentar (Diap), a mais recente edição dos “cabeças” do Congresso Nacional traz 13 parlamentares do PSDB na lista dos 100 mais influentes. Com isso, o partido aparece como o terceiro com mais integrantes na relação. Para se ter uma ideia, apenas na Câmara 22 legendas têm representação.

Pelo PSDB, são oito deputados e cinco senadores que foram apontados como protagonistas do processo legislativo, com características como capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, liderando a tomada de decisão no Congresso.

Os líderes do PSDB na Câmara e no Senado, Duarte Nogueira (SP) e Alvaro Dias (PR), respectivamente, aparecem na lista, assim como o 1º vice-líder da bancada, deputado Otavio Leite (RJ), e o líder da Minoria, Paulo Abi-Ackel (MG). O presidente nacional do partido, Sérgio Guerra (PE), também é destaque, assim como os deputados Antonio Carlos Mendes Thame (SP), Bruno Araújo (PE) e Jutahy Junior (BA), além do 1º secretário da Mesa da Câmara, Eduardo Gomes (TO). Também aparecem os senadores Aécio Neves (MG), Aloysio Nunes Ferreira (SP), Flexa Ribeiro (PA) e Lúcia Vânia (GO).

A pesquisa inclui apenas os parlamentares que estavam no exercício do mandato no período da avaliação (fevereiro a agosto de 2011). Ou seja, não constam os licenciados para atuar em secretarias estaduais ou ministérios. Entre os 100 “Cabeças” do Congresso, há 62 deputados e 38 senadores. Ao todo, são 513 deputados e 81 senadores eleitos.

Além dos “Cabeças”, o Diap divulga levantamento incluindo na publicação um anexo com outros parlamentares que, mesmo não fazendo parte do grupo dos 100 mais influentes, estão em “plena ascensão”, nas palavras do departamento. Pelo PSDB, aparecem nesta relação os deputados Antonio Imbassahy (BA), Carlos Alberto Leréia (GO), Eduardo Azeredo (MG), Rodrigo de Castro (MG), Andreia Zito (RJ) e Carlos Sampaio (SP).