Seu browser não suporta JavaScript!

31/03/2005 | Monitor Mercantil

Redução do ISS e IPTU para novos empreendimentos hoteleiros

Força Tarefa do Turismo

A Prefeitura do Rio está finalizando estudos para firmar parceiras com uma grande empresa aérea e com a rede hoteleira para atrair turistas para a cidade do Rio de Janeiro. Através de intercâmbio doméstico entre Rio e São Paulo, a iniciativa visa baratear a passagem de avião em cerca de 60% e reduz, sensivelmente, o pernoite do turista nos hotéis do Rio, conforme disse ontem o vice-prefeito, Otavio Leite, durante o seminário ´A Força do Estado do Rio de Janeiro´, realizado na sede do Jokey Club Brasileiro.

Otavio Leite frisou que a Prefeitura, para implementar o projeto, criou uma Força Tarefa do Turismo e, entre as medidas tomadas, desponta a redução da alíquota do ISS de 5% para 2% como forma de beneficiar o segmento turístico no Rio na realização de feiras, congressos, seminários entre outras atividades. Além disso, adiantou que o governo municipal está estudando a redução do IPTU para novos empreendimentos hoteleiros na cidade. A iniciativa, segundo ele, também vai beneficiar os atuais empreendimentos, que serão classificados em A, B, e C.

´Não posso adiantar muito sobre o projeto. Mas posso afirmar que o turismo é uma grande fonte de receita para o Estado. Cada turista gasta, em média, cerca de US$ 145 quando participa de feiras, congressos e outras atividades. Já o gasto do turista de lazer gira em torno de US$ 80. Por isso é de fundamental importância que este setor receba uma atenção especial porque movimenta vários outros da economia, como taxista, vendedor, hotéis, restaurantes, lojas comerciais e outros´.