Seu browser não suporta JavaScript!

18/05/2017 | Brasilturis online

Regulamentação das plataformas de hospedagem deu o tom à abertura do Conotel

Por Mayra Salsa 

Fenômeno no mundo inteiro, as plataformas de hospedagem têm sido um grande vilão para o setor hoteleiro no Brasil. Durante a abertura da 59ª edição do Conotel, em São Paulo, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH Nacional), Dilson Fonseca, disse que há uma discrepância entre a carga tributária da hotelaria regulamentada em comparação às plataformas digitais. “As empresas internacionais não contribuem e não se responsabilizam. Por isso, devemos reinvidicar a paridade tributária entre as empresas que trabalham com hospedagem no Brasil, assim como ocorre em outros países. Quando não há isonomia, todos perdem”, disse Fonseca.

Dilson falou também sobre a importância de regulamentar a comissão das agências on-line, um fator importante para a democratização do setor hoteleiro brasileiro que possibilitará a livre concorrência entre pequenos hotéis locais que se encontram em lugares distantes do país. “A parceria entre as OTA’e hotelarias deve ser cada vez mais forte, transparente e economicamente justa”, ressaltou.

O tema deste ano é “Brasil Rumo a 2020: Crescimento sustentável da hotelaria” e, durante o Congresso, o setor hoteleiro estará reunido para debater e buscar soluções para os problemas, além de trocar informações atualizadas capazes de ajudar e ampliar a capacidade do setor de atrair investimentos.

Na ocasião, o Ministro do Turismo, Marx Beltrão, enfatizou que é totalmente a favor à regulamentação da economia compartilhada, a exemplo das plataformas de hospedagem. “Não sou a favor da concorrência desleal. Os tipos de serviços como Airbnb tornam-se predadores de uma atividade que ja vive um cenário desafiador”, ressalta Beltrão.

Brasil Mais Turismo

Presente na abertura, o presidente da Embratur, Vinícius Lummertz, reforçou a importância do turismo no Brasil como chave para o crescimento econômico do Brasil e que a criação da agência será uma forma de dizer ao mundo o que queremos. “É um desleixo não dizer ao mundo o que queremos. Dentro do Mais Turismo, esperamos não só apenas trazer mais turistas e investimentos, como também resgatar nossa reputação e imagem”, observa.

O Conotel 2017 segue até o dia 19 de maio. Nesta quinta-feira (18) Amanda Leonel, CEO do Brasilturis Jornal, será mediadora do painel “Energia Renovável – Projetos Sustentáveis”, previsto para ter início às 14h10.

Na foto, Laércio Benko, secretário de Turismo de SP; Vinicius Lummertz , presidente da Embratur e Otavio Leite, Deputado Federal

Crédito: Diego Siliprando