Seu browser não suporta JavaScript!

08/04/2014 | Agência Câmara

Relator quer transformar Proforte em Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte

O relator da proposta que cria o Programa de Fortalecimento dos Esportes Olímpicos (Proforte – PL 6753/13), deputado Otavio Leite (PSDB-RJ), afirmou há pouco que seu relatório, mais que criar um programa de auxílio, pretende instituir a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte. “Os clubes devem adotar critérios padronizados de demonstração contábeis, incluindo auditoria independente e esses demonstrativos deverão ser publicados todos os anos”, listou.

Deverão estar nesses balanços: receitas de televisão, transferência de atletas, bilheterias e despesas com esporte amador e custei de atletas, por exemplo. Leite acrescenta que várias entidades sequer publicam seus balanços, principalmente federações esportivas. Ele pede também a responsabilização criminal dos dirigentes esportivos.

Em 2012, as dívidas dos principais clubes de futebol somavam R$ 2,5 bilhões. Incluídos os clubes pequenos, os números chegam a R$ 4 bilhões.

A reunião prossegue no plenário 10.