Seu browser não suporta JavaScript!

07/07/2011 | Portal UOL

Ricardo Teixeira não explica como CBF utilizará os recursos do comitê da Copa

Por Guilherme Coimbra

O presidente do Comitê Organizador Local da Copa (COL-2014), Ricardo Teixeira, explicou a nove membros da Comissão de Turismo Desporto (CTD) da Câmara dos Deputados que todo o lucro gerado pela Copa será destinado à Confederação Brasileira de Futebol. Os deputados fizeram nesta quinta-feira uma visita técnica à sede do comitê, no Rio de Janeiro. O cartola, entretanto, não soube explicar como a CBF aplicará os recursos.

“O COL-2014 é uma instituição civil que não tem finalidade lucrativa, mas pelo que vimos nas Copas anteriores o comitê local sempre tem um lucro”, explicou o deputado Otavio Leite (PSDB-RJ), membro da CTB, ao sair da reunião de quase três horas com a diretoria do COL-2014 e representantes da Fifa. “Na África, o lucro chegou a R$ 100 milhões. Eu indaguei o que seria feito com esse dinheiro e ele disse que iria para a CBF, mas não explicou como usaria os recursos.”

Representantes da Fifa explicaram aos deputados que a entidade estabelece um orçamento de R$ 857 milhões e tudo o que não for gasto fica com o Comitê Organizador Local. O deputado Otavio Leite ressaltou que, como o COL-2014 é uma entidade civil, a CTD não tem como interferir o destino desses recursos, mas defendeu que eles fossem usados pelos clubes formadores de atletas.

“Particularmente, acho que esse dinheiro deveria ser destinado às divisões de base do futebol brasileiro”, disse Otavio Leite. “A Copa do Mundo pode ser a grande oportunidade de equacionar o atoleiro econômico-financeiro em que se encontram os grandes clubes do Brasil.”