Seu browser não suporta JavaScript!

24/10/2005 | Jornal de Turismo

Rio recebe uma tempestade de turismo

Nem mesmo a tempestade da manhã de segunda-feira tirou o brilho da abertura da Semana de Turismo no Rio de Janeiro, que teve início ontem com a solenidade de abertura do Fórum Mundial de Turismo – Destinations2005. Centenas de pessoas ligadas a entidades do trade turístico estiveram presentes na manhã de ontem no Theatro Municipal para a Sessão de Abertura do evento que acontece até o dia 26 de outubro, no Forte de Copacabana, Rio de Janeiro.

Diversas personalidades compuseram a mesa da solenidade: o presidente do Instituto de Hospitalidade, Sérgio Foguel, os ministros Walfrido dos Mares Guia, do Turismo, e Gilberto Gil, da Cultura, a gvernadora do Rio de Janeiro, Rosinha Garotinho, o secretário de Estado de Turismo Sérgio Ricardo, o vice-prefeito do Rio de Janeiro Otavio Leite, o secretário Geral da Organização Mundial do Turismo – OMT, Francesco Frangialli, o diretor da Counterpart International, Lelei Lelaulu, o presidente do Rio Convention Bureau, Paulo Senise e o presidente do Conselho Empresarial, Firmin Antonio.

O presidente do Instituto de Hospitalidade Sergio Foguel abriu o evento falando da forte chuva que cobriu a cidade na manhã de segunda-feira e lembrou as demais catástrofes que vêm ocorrendo no mundo inteiro. “Estamos chegando ao limite do não-cuidado no Planeta”, ressaltou Foguel, lembrando que esses motivos remetem a própria razão de ser do Fórum.

Dentre outras questões, Foguel falou sobre a comemoração do crescimento do evento em sua segunda edição e divulgou o Estado a sediar o evento no próximo ano: Porto Alegre. Segundo ele, o Fórum Mundial do Turismo, ocorrido em 2004, em Salvador (BA) contou com a participação de 62 países. “Para este ano serão 74 países participantes”, disse, destacando que durante o evento serão abordados 92 exemplos, de 44 países, de desenvolvimento de turismo trazendo a paz.

Durante o discurso, seis crianças de serviços voluntários, brasileiras e estrangeiras, foram convidadas a condecorar três grandes personalidades do turismo: o embaixador brasileiro Rubens Ricupero, o presidente da Academia e Instituto de Qualidade, o italiano Tito Conti e o secretário Geral da Organização Mundial do Turismo – OMT, o francês Francesco Frangialli.

A governadora Rosinha Garotinho deu as boas-vindas aos participantes e falou da importância do evento na cidade, não só como aprendizado, mas para compartilhar informações. Ressaltou, ainda, a consciência de todo o setor político voltado para o Estado, na expectativa de soluções e iniciativas inovadoras que ocorrerão neste evento e falou das ações do governo para o desenvolvimento do turismo, como crescimento da rede hoteleira, o investimento em aeroportos, a propulsão do turismo local e de negócios e a preocupação com o policiamento.

Seguido do presidente da OMT - que destacou a importância da diversidade cultural e falou sobre o desenvolvimento do turismo, as distribuições de riquezas e a importância do intercâmbio mundial de experiências -, e do vice-prefeito Otavio Leite – que destacou a importância do Fórum como um marco histórico acadêmico na cidade -, o ministro Walfrido dos Mares Guia falou do turismo no país e parabenizou o governo do presidente Lula pela iniciativa da criação de um ministério. “Vamos ter palestras e apresentação de casos imperdíveis durante os três dias do evento, tenho certeza de que os participantes vão aprender muito com o Fórum Mundial”, decretou Mares Guia.