Seu browser não suporta JavaScript!

26/08/2012 | Ascom Otavio Leite

Senador Álvaro Dias participa com Otavio Leite de caminhada do partido na Barra

Na manhã deste domingo, o candidato do PSDB à Prefeitura do Rio, Otavio Leite, fez uma caminhada na praia da Barra da Tijuca, acompanhado do senador Álvaro Dias. Cerca de 60 pessoas, entre militantes e candidatos a vereador percorreram o calçadão da praia do posto 5 até a Praça do Ó. Para o senador Álvaro Dias, o candidato Otavio Leite representa o que há de melhor nos quadros políticos atuais. “Conheço o caráter do Otavio e sei que ele pode mudar o rumo da cidade, melhorar muita coisa. O povo do Rio precisa saber o quanto vai ganhar ao eleger o Otavio prefeito”, afirmou o senador. Para o candidato, é uma honra contar com a presença do senador na campanha: ”O senador Álvaro Dias é hoje a voz da oposição no Congresso Nacional. Fiquei impressionado com a ótima receptividade que ele tem dos eleitores no Rio.”

Muitos eleitores, que pararam para cumprimentar Otavio Leite e o senador Álvaro Dias, fizeram suas reivindicações, sendo que saúde, educação e segurança, apesar desta última, não ser de competência da prefeitura, foram os problemas mais citados. Para Alfredo Gonçalves, de 70 anos, morador da Barra, “o novo prefeito precisa olhar pela saúde da cidade, está tudo muito ruim. A educação também, o governo municipal precisa investir mais nas crianças, que são o nosso futuro”. A também moradora da Barra, Stella Maria dos Santos, de 79 anos, disse que também se preocupa muito com a educação, “pois é um problema antigo, que ninguém resolve”, e se disse desiludida com o caos na saúde da cidade: “Precisei fazer fisioterapia, marquei, fiquei um dia inteiro par ser atendida e não consegui. Estou pagando um plano de saúde só para fazer este tratamento”, queixou-se.

Já a dona de quiosque, Milene Ribeiro, 24 anos, se disse completamente revoltada com a atual administração: “Esse prefeito que está aí tem que sair. Ele é apenas uma marionete. Todas as obras que ele faz, de pavimentação, urbanização, quero ver daqui a 5, 10 anos como estarão. Esse BRT que ele inventou só trouxe transtornos para os moradores do Recreio e de outros bairros onde passa. Os ônibus enguiçam, atropelam as pessoas. Foi tudo muito mal planejado”. Ela ainda completou: “Eu vi o Otavio Leite na entrevista na TV e achei que ele se saiu muito bem. ”Para o frequentador das redes de vôlei da praia, Amir Kotait, de 55 anos, a prefeitura não dialoga com a população: “Estão todos revoltados aqui na praia. A prefeitura chegou aqui e, arbitrariamente, saiu demarcando áreas aqui, invadindo as redes de vôlei.”

De acordo com o também morador da Barra, Antônio José Pereira, de 45 anos, é necessário que a segurança na cidade seja maior e reclamou também do número de impostos que os cidadãos pagam, cujo retorno, segundo ele, não é proporcional: “Só peço duas coisas, menos violência e menos impostos.” Segundo Sonia Chequer, 60 anos, não adianta embelezar a cidade para a Copa do Mundo e as Olimpíadas, se a saúde a educação continuam deficientes: “Ainda falta muito a ser feito. O legado tem que ser a melhoria de coisas primordiais para o povo, que são educação e saúde de qualidade”.

Foto: Marcelo de Mattos