Seu browser não suporta JavaScript!

28/08/2013 | Portal do PSDB na Câmara

Senador e diplomata serão ouvidos sobre denúncia de envolvimento da Bolívia com narcotráfico

As comissões de Segurança Pública e de Relações Exteriores promoverão audiência pública em conjunto com a participação do senador boliviano Roger Pinto e do diplomata Eduardo Saboia. Os requerimentos de convite são de autoria do deputado Otavio Leite (RJ) e do líder da bancada tucana, Carlos Sampaio (SP).

Os convidados devem prestar esclarecimentos sobre as denúncias feitas pelo senador, que acusou autoridades bolivianas de envolvimento com o narcotráfico e o crime organizado. O colegiado ouvirá ainda explicações de Roger Pinto sobre os motivos que o levaram a solicitar asilo ao Brasil. Os pedidos foram aprovados nesta quarta-feira (28) na Segurança Pública.

Presidente da comissão, Otavio Leite classificou a aprovação como uma vitória da oposição. “Apesar de o governo brasileiro insistir em dizer que as relações com a Bolívia caminham bem, sabemos que há uma instabilidade vez por outra. Pelas fronteiras do Brasil com o país entram até 80% da cocaína e do crack consumidos por aqui. Precisamos ouvir o senador, que acusa autoridades bolivianas de relações com o narcotráfico. É fundamental para o futuro das relações entre os dois países”, declarou.

Roger, que está desde domingo (25) no Brasil, pediu asilo na embaixada brasileira em La Paz alegando perseguição política após apresentar denúncias de corrupção ligadas ao governo de Evo Morales. O parlamentar enfrenta uma série de processos na Justiça, incluindo acusações por corrupção. Eduardo Saboia atuava como Encarregado de Negócios em La Paz e vem sendo apontado como responsável pela saída do senador boliviano da embaixada.

Segundo Otavio Leite, a audiência será uma boa oportunidade para explorar todos os fatos. “São denúncias graves e têm total relação com segurança pública. Além disso, vamos tomar ciência dos processos que o levaram a pedir asilo ao nosso país”, justificou Leite. O deputado Enio Bacci (PDT-RS) também assinou o requerimento de convite ao senador boliviano.

A pedido do deputado Eduardo Azeredo (MG), a Comissão de Relações Exteriores ouvirá o ministro Luiz Alberto Figueiredo, que assumiu no lugar de Patriota. Ele deve falar sobre a agenda da política externa brasileira. O tucano convida ainda o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), presidente da Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado. Ferraço recebeu o parlamentar boliviano na cidade de Corumbá (MS) e o acompanhou até Brasília em avião particular.