Seu browser não suporta JavaScript!

13/05/2004 | Jornal O Globo

Serra e o efeito sobre o Rio

O lançamento da candidatura do ex-ministro José Serra prefeito de São Paulo pode ter efeitos sobre o quadro eleitoral no Rio. Quando a deputada Denise Frossard retirou sua candidatura, precipitou a adesão do PSDB à candidatura Cesar Maia, embora sempre tenha havido a vinculação entre o apoio tucano no Rio e o apoio pefelista em São Paulo.

— Este sempre foi o sentido de nossas conversas, pensando o quadro nacional e mesmo o de 2006. Estou procurando o PFL para dizer que, se não houver o apoio em São Paulo, podemos lançar outra candidatura no Rio — diz o deputado Eduardo Paes.

Ele cita, como alternativas, os nomes de Luiz Paulo, Arthur da Távola, Octávio Leite e até o dele mesmo, “apesar de minha relação pessoal com Cesar”.

O presidente do PFL, Jorge Bornhausen, tem dito que Serra demorou-se demais para decidir e agora seu partido já lançou a candidatura de José Aristodemo Pinotti.

Eduardo Paes refuta:

— Se é tarde para o PFL, ainda é tempo para o PSDB buscar outro rumo no Rio. Mas vou conversar pessoalmente com Bornhausen.