Seu browser não suporta JavaScript!

06/11/2003 | Jornal O Globo

TCU faz homenagem ao jornalista Roberto Marinho

O Tribunal de Contas da União (TCU) homenageou ontem o jornalista Roberto Marinho e outras seis personalidades com o Grande Colar do Mérito do TCU, que foi entregue pela primeira vez como parte das comemorações dos 113 anos de criação do tribunal.

O vice-presidente das Organizações Globo João Roberto Marinho representou a família na solenidade e recebeu do presidente do TCU, Valmir Campelo, a comenda ao jornalista falecido em agosto.

Foram condecorados também a atriz Fernanda Montenegro; a coordenadora nacional da Pastoral da Criança, Zilda Arns; o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Octávio Galotti; o presidente do Tribunal de Contas de Portugal, Alfredo José de Souza; o ex-presidente do TCU Luciano Brandão; e o ex-procurador-geral do TCU Francisco Mourão Branco. O tribunal inaugurou o Espaço Cultural Marcantonio Vilaça, em homenagem ao filho do ministro do TCU Marcos Vilaça, que morreu há três anos. Marcantonio era um marchand renomado, e a exposição inaugural será com obras de sua coleção particular.

A Assembléia Legislativa do Rio aprovou ontem por unanimidade projeto de lei do deputado Otavio Leite (PSDB) que institui 2004 como o ano do centenário de Roberto Marinho, em homenagem aos cem anos de nascimento do jornalista. O projeto prevê um calendário de eventos culturais, educacionais e de desenvolvimento da comunicação.

O jornalista deverá ser homenageado ainda com a criação do Dia Estadual da Cultura, em 3 de dezembro, seu aniversário. A proposta, do deputado André do PV, foi enviada ontem à presidência da Alerj e deverá ser votada nos próximos dias.