Seu browser não suporta JavaScript!

15/08/2007 | Globo Online

Tucano queria prorrogar CPI do Apagão na Câmara por 60 dias

O deputado Otavio Leite (PSDB-RJ), membro da CPI do Apagão Aéreo, lamentou nesta quarta-feira que a comissão só tenha prorrogado seus trabalhos por mais 30 dias. No entanto, o tucano, que defendia que o tempo de funcionamento da CPI fosse estendido por 60 dias, considerou a decisão final ´uma vitória´.

- Há muito ainda o que se discutir e apurar sobre a crise aérea, sobretudo debater soluções. O ideal seriam 60 dias, mas os 30 que conseguimos aprovar são melhores que nada, afinal nós somos minoria na CPI. Demos um grande passo, o próximo é o plenário - avaliou Leite