Seu browser não suporta JavaScript!

02/04/2010 | Jornal Extra online

Twitter divulga ranking de políticos mais seguidos na internet

Por Marcelo Dias

A julgar pelo uso das novas tecnologias sociais, os políticos do Rio até que não fazem feio. O Twitter, o microblog sensação da internet, divulgou o ranking dos governantes e deputados federais mais seguidos do país. O destaque fluminense é Mirinho Braga (PDT), de Búzios, na Região dos Lagos, que aparece na ponta da tabela entre os prefeitos. Lindberg Farias, de Nova Iguaçu, ocupava o quinto lugar. Duas posições atrás, aparece o carioca Eduardo Paes — cujo perfil, aliás, está abandonado desde novembro.

O ranking é medido pela interação do twitteiro e o número de seguidores e pessoas acompanhadas por ele. Na Câmara Federal, surgem Bernardo Ariston (PMDB), em sétimo lugar, e Fernando Gabeira (PV), pioneiro no mundo virtual por aqui, em oitavo. O líder é o festeiro Fábio Faria (PMN-RN), famoso por ter namorado a apresentadora Adriane Galisteu. Na cola deles, estão Paulo Maluf (PP-SP) e Antônio Magalhães Neto (DEM-BA), nono e décimo, respectivamente.

Legião fluminense

Outro carioca entre os deputados federais bem cotado é Índio da Costa (DEM), na 20ª posição. A relação dos parlamentares do Rio inclui ainda: Antônio Carlos Biscaia (PT, 33º); Leonel Brizola Neto (PDT, 35º), Rodrigo Maia (DEM, 60º), Arolde de Oliveira (DEM, 67º), Chico Alencar (PSOL, 69º), Solange Amaral (DEM, 80º), OTAVIO LEITE (PSDB, 83º), Marcelo Itagiba (PSDB, 86º), Hugo Leal (PSC, 99º), Rogério Lisboa (DEM, 106º), Cida Diogo (PT, 133º), Arnaldo Vianna (PDT, 181º), Miro Teixeira (PDT, 197º), Alexandre Santos (PMDB, 263º) e Edmilson Valentim (PC do B, 274º).

Essa lista tem ainda duas curiosidades. Fernando Gabeira surge de novo com um segundo perfil, na 134ª posição. E Paulo Ramos, deputado estadual e ex-federal, entra de penetra ali, na 240ª colocação.

Cabral de fora

No Senado, Cristovam Buarque (PDT-DF) lidera, com Marcelo Crivella (PRB) em 24º lugar. Paulo Duque (PMDB) e Francisco Dornelles (PP) ainda não usam o Twitter. E nem o governador Sérgio Cabral.

Huck e CQC: os mais influentes

O Twitter mediu também os perfis mais influentes do Brasil, seja lá o que isso significa... O campeão é o apresentador Luciano Huck. A turma do CQC aparece com Danilo Gentili (3º) e Marco Luque (5º) entre os dez primeiros colocados. O ator Bruno Gagliasso (4º), o diretor de TV Boninho (6º), as cantoras Sandy (7º) e Cláudia Leitte (10º) e o jornalista William Bonner (8º). O vice é um famoso quem?!, Hugo Gloss, conhecido por comentar o showbizz.