Seu browser não suporta JavaScript!

05/03/2010 | Jornal de Turismo

Uma atuação parlamentar que ganhou reconhecimento nacional

Por Cláudio Magnavita

A mobilização nacional em torno do nome do deputado federal Otavio Leite (PSDB-RJ) para a presidência da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados, levou o líder do partido na Câmara, deputado João Almeida (PSDB-BA), emitir uma nota oficial. Distribuído pela assessoria de imprensa do PSDB a nota afirma que: “o Líder do PSDB na Câmara dos Deputados, João Almeida (BA) disse, hoje, em entrevista à imprensa, que o nome do deputado Otavio Leite (PSDB–RJ) para presidir a Comissão de Turismo e Desporto era concebido como uma indicação natural. Entretanto,como ele estava ocupando o cargo de Líder da Minoria – função estratégica para o partido – sua designação ficou inviabilizada. João Almeida disse ter ficado impressionado com a quantidade e qualidade das manifestações testemunhando a competência e compromisso do parlamentar com o setor. Assim – prosseguiu - , seguindo os critérios que presidiam a decisão da bancada, foi indicada a deputada Raquel Teixeira (PSDB – GO), parlamentar experiente, profissional de alta qualificação que, seguramente, vai desenvolver um excelente trabalho, inclusive, ao lado do deputado Otavio Leite que permanecerá na Comissão de Turismo e Desporto-CTD.”

Durante 48 horas o telefone do deputado João Almeida não parou de tocar. Ligaram do ex-ministro Caio Luiz de Carvalho até o ex-deputado Bismark Maia, secretário de turismo do Ceará, além de presidentes das maiores entidades do turismo, como Abav, ABIH, Confederação dos Conventions Bureaux, Federação dos Hotéis, Anatur, Contratuh, Fornatur, entre outras de grande importância.

No sábado, em Aracaju, onde Otávio cumpria uma agenda familiar (a sua família é de origem sergipana), ele teve a chance de conversar com o deputado Albano Franco, também um possível candidato, de quem recebeu apoio imediato. Albano, como ex-presidente da CTD, tinha poucas chances de ser reconduzido ao mesmo cargo em uma mesma legislatura.

Esta onda crescente de apoio a Otavio Leite representou um reconhecimento nacional ao parlamentar que, em seu primeiro mandato em Brasília, conseguiu reeditar o mesmo trabalho que no Rio já havia realizado em prol do turismo como deputado estadual e vereador da capital. Ao transpor esse reconhecimento ao cenário de todo o país, Otavio Leite se firmou como um nome nacional e que teve a sua atuação parlamentar respeitada.

São raros os parlamentares que conseguem em tão pouco tempo o respeito nacional de um setor. É fruto do reconhecimento da sua intervenção em momentos delicados do turismo, como a Lei Geral do Turismo, na defesa da flexibilização dos vistos, entre dezenas de outras bandeiras.

O movimento surgiu a partir de telefonemas dados por Norton Lenhart, Álvaro Bezerra de Mello e João Luiz Moreira. Foi uma verdadeira reação em cadeia. O engajamento foi absoluto, com exceção do vice-presidente do Conselho de Turismo da CNC, Eraldo Alves da Cruz, que ligou em caráter pessoal para João Almeida para apoiar Albano Franco, por uma questão meramente familiar, e que depois ligou para justificar sua posição a Otávio.

Na noite do dia 3 de março, houve uma tentativa entre os líderes de trocar o comando de algumas comissões e no caso da ida da CTD para o PMDB, caberia a presidência ao deputado Paulo Henrique Lustosa, que acabou ficando como primeiro vice-presidente.

O deputado João Almeida tinha um forte pleito da bancada feminina do partido e a escolha recaía entre a professora Raquel Teixeira (PSDB-GO) e Telma de Oliveira (PSDB-MT).

Cria do senador e ex-governador de Goiás Marconi Pirillo, de quem foi secretária de Educação e secretária de Ciência e Tecnologia, a deputada recebeu a recomendação do líder João Almeida para que tenha o deputado Otavio Leite como conselheiro.

Colega de partido da também goiana senadora Lúcia Vania, que presidiu a Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado, Raquel Teixeira poderá também buscar no seu próprio estado o subsídio para a sua atuação na frente da CTD.

A deputada Raquel terá o seu trabalho facilitado por contar na estrutura da CTD com um corpo técnico altamente qualificado e plenamente identificado com o turismo e o desporto, além de suceder o deputado Afonso Hamm (PP-RS), que projetou ainda mais a importância da Comissão em um período pré-Copa e pré-Olimpíada. Hamm deixa a presidência sob aplausos dos setores produtivos do turismo, que o apontam como um dos grandes valores da política gaúcha.

A postura de Otavio Leite de apoiar de imediato a colega Raquel Teixeira ressaltando o seu currículo como educadora, gestora e a sua vivência no exterior e também a nota oficial do PSDB esclarecendo o processo de indicação ajudaram a reduzir o sentimento de frustração do trade turístico nacional.

Fica o registro da capacidade de mobilização do turismo e, para o deputado Otavio Leite, a confirmação de que o seu mandato transcende o regionalismo da sua base, consolidando o seu nome como um grande parlamentar reconhecido nacionalmente.

Claúdio Magnavita é presidente nacional da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, membro do Conselho Nacional de Turismo e diretor do

Jornal de Turismo.