Seu browser não suporta JavaScript!

19/11/2004 | Jornal Tribuna da Imprensa

Vice

Nunca passou pela cabeça de Cesar Maia completar o mandato até 2008. Por isso, não aceitou como vice nem Luís Paulo nem Cesar Coelho. Como fez acordo com o PSDB, preferiu Otavio Leite.

Foi tolice ou supermalandragem do alcaide. Teria ganho sem o PSDB, os outros partidos não lançaram candidatos. Confissão do alcaide: o acordo com o PSDB era nacional para ser vice em 2006. Acontece que para ele só vai sobrar a disputa no estado, em 2006.