Seu browser não suporta JavaScript!

10/02/2014 | Portal do PSDB na Câmara

Violência em manifestação: 'nesse momento, toda a população espera que os fatos sejam apurados e a justiça, feita'

Deputados lamentam morte de cinegrafista no Rio e cobram punição exemplar

Parlamentares do PSDB lamentaram nesta segunda-feira (10) a morte do cinegrafista Santiago Andrade (foto), da TV Bandeirantes. O premiado profissional foi foi atingido na cabeça por um rojão na última quinta-feira (6) durante confronto no Centro do Rio envolvendo manifestantes contrários ao aumento da passagem de ônibus na capital carioca e policiais. Os deputados esperam que a Justiça seja feita.

“Minha solidariedade aos familiares e amigos dele. Esperamos que os responsáveis sejam identificados e exemplarmente punidos. Não podemos admitir que o direito de as pessoas irem às ruas se manifestar seja comprometido por episódios como esse, de radicalização e violência por parte de grupos infiltrados”,afirmou o líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy (BA).

“O que aconteceu com esse profissional, que estava trabalhando no momento em que foi atingido, é consequência de vandalismo e violência. Meus sentimentos à sua família, amigos e companheiros de profissão. Tenho certeza de que, nesse momento, toda a população lamenta muito a notícia, espera que os fatos sejam apurados e a justiça, feita”, afirmou o deputado Otavio Leite (RJ), presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara. Indignado, o deputado Emanuel Fernandes (SP) disse que o rojão foi disparado por um “estúpido ‘manifestante’”. “A punição deve ser exemplar!”, cobrou o tucano.

Um rapaz que teria passado o rojão ao homem que acendeu o artefato já está preso. No entanto, Fábio Raposo alega não conhecer o suspeito de lançar o rojão em meio à manifestação. Experiente, Santiago tinha 49 anos e trabalhava há 10 anos na Band. O caso está tendo grande repercussão nacional e internacional.