Seu browser não suporta JavaScript!

15/03/2012 | TV Câmara

Votação da Lei Geral da Copa fica para a próxima semana

O governo cedeu e retirou do texto a permissão de venda de bebidas alcoólicas nos estádios, mas mesmo assim a votação da Lei Geral da Copa aqui na Câmara ficou para a semana que vem. Com isso, a presidenta Dilma Rousseff vai receber o presidente da Fifa, Joseph Blatter, sem que a legislação da Copa tenha sido aprovada e com o aprofundamento das tensões sobre a venda de bebidas. Vale a pena lembrar que a Fifa tem uma cervejaria entre seus patrocinadores. Além da questão da bebida, houve a troca da liderança do governo aqui e no Senado e a pressão da bancada ruralista para que o Código Florestal seja votado antes da Lei Geral da Copa.

Mas uma nota assinada pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, reitera que a venda de bebidas alcoólicas nos estádios faz parte, sim, do compromisso firmado pelo Brasil com a Fifa. Afinal, isso faz ou não faz parte do acordo que trouxe a Copa de 2014 para o Brasil?

E o presidente da Câmara, deputado Marco Maia, disse há pouco que a vinda de Joseph Blatter amanhã ao Brasil, sem que o país tenha aprovado ainda a Lei geral da Copa, não será motivo de constrangimento. Marco Maia disse também que não vê, no Legislativo, movimento favorável à liberação de bebidas alcoólicas nos estádios.

E uma outra dificuldade está no caminho da Copa do Mundo de 2014. São os aeroportos brasileiros. Uma pesquisa divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aponta que 17 dos 20 principais aeroportos brasileiros, ou seja, 85%, estão em situação crítica. E o estudo ainda comprova que 12 aeroportos funcionam acima da capacidade operacional.

Créditos/Câmara Hoje:

Dep. Vicente Cândido (PT-SP) - relator da Lei Geral da Copa

Dep. Marco Maia (PT-RS) - presidente da Câmara dos Deputados

Dep. Otavio Leite (PSDB-RJ)

Dep. Fernando Ferro (PT-PE)

Link: http://www2.camara.gov.br/tv/materias/CAMARA-HOJE/411601-VOTACAO-DA-LEI-GERAL-DA-COPA-FICA-PARA-A-PROXIMA-SEMANA.html